Fishnet Tights are back! A volta da Meia-arrastão + 5 Maneiras de abusar da tendência!

O Outono se aproxima no Hemisfério Sul e um dos truques de styling mais em alta no momento pra atualizar o guarda-roupa no ato sem gastar muito e já dar aquela carinha de meia estação é se jogar na boa e velha meia-calça. Todas elas seguem eternas, permitindo abusar daquela peça curtinha mesmo nos dias mais gelados. Mas se tem uma entre elas que se destacou e conquistou o street style aqui do Hemisfério Norte foi a meia-arrastão.

Em inglês fishnet tights ou stockings, por lembrar mesmo uma rede de pesca, a clássica meia-arrastão já passou pela fase ultra sensual e de fetiche do universo burlesco, quando usada pelas dançarinas de cancan em Paris – tramas vazadas eram perfeitas para os movimentos de dança, coisa que as tradicionais meias de seda da época não permitiam – ou pelas pin-ups da década de 50 até ganhar uma conotação mais agressiva quando aderida pelos punks dos Anos 70 – misturada ao couro, tachas, pactches, jeans rasgados numa rebeldia contracultura – depois eternizada por Madonna nas décadas de 80 e 90, ela transita entre gerações causando polêmica e controversas.

A liberdade urbana da nossa geração trouxe a meia-arrastão mais uma vez para o cenário fashion. Em 2017 ela carrega todo esse mix de outrora sem ser caricata. A moda atual resgata os hits dos Anos 90 com uma pegada street & sportwear, muito mais cool que sexy, muito mais atitude que rebeldia.

PFW Balmain Spring’16

 

Foi no Paris Fashion Week que a tendência ressurgiu. A culpada foi a Balmain, grife francesa que voltou a ser um fenômeno desde a entrada do jovem e inovador estilista francês Olivier Rousteing, assumindo a direção criativa da marca em 2011 com uma pegada glamourosa, sensual, feminina e super cool.  No PFW Spring’16, a grife lançou uma coleção repleta de peças transpassadas, tanto em tiras num jogo de mostra-esconde com transparências, quanto com texturas e prints quadriculados, evidenciando cada parte do corpo, nada escapou dos furinhos. Ora nos braços, pernas, colo e abdomen, a ideia é eleger um ponto de destaque. Na campanha? As eternas musas dos Anos 90 Claudia Schiffer, Naomi Campbell & Cindy Crawford.

Claudia Schiffer, Cindy Crawford & Naomi Campbell estrelam a Campanha Balmain Primavera’16

 

No street style a maneira imediata de aderir ao que foi visto nas passarelas foi resgatando a clássica meia-arrastão, item baratinho e que agrega atitude instantânea, aquele detalhe que faz toda a diferença no resultado final do look. E isso é o bacana da moda atual, trazer pra realidade de qualquer pessoa o que antes era inatingível. Quer ver como usar? Confira abaixo cinco truques de styling que vai fazer você repensar a conotação fashion do acessório.

  1. Meia-calça: A primeira opção é a mais simples de aderir, é só substituir a meia-calça preta lisa pela meia-arrastão. A troca agrega um toque rock’n’roll, urbano, cool e sensual ao mesmo tempo. Pra dosar os furinhos na perna, peças sportwear e/ou oversized completam o look, como camisetões, tricôs, moletons e casacos.

    9332a599b442914e16649e1d0b13009e 9b566bfe8f7bfa70b03e4fa5b59b5db16aabfe47b0c4b4856b67b2c9b6fbf524
    9f0204c4bb1d74e61f6cd7f5a5fccad7
    9a322f4d5c05bb6898ec48cd89b5f6f86f8fc54d74dd537059196c7c7824162a ba197360251a6c2c1db77593943208a6 b7937d95efa8475e06dd2c203d56251f af5d9f96eff4d0f84f742187ca7390cd
  2. Meia: Aqui se a peça diminui de tamanho, o toque fashionista só aumenta. Com calçado aberto ou fechado, a dose de ousadia é o que dita a regra. Troque a meia preta ou branca convencional pela meinha-arrastão quando com tênis ou botinhas ou adicione uma onde não teria nenhuma, como em sandálias, scarpins ou nas queridinhas da vez, as mules.800f65680890256a7275d0728d561fae faff7ed467c6c42477524e5fb4ecdfe3 a370eaf714f2ed149d4b8d39c9edcb63
    8e79a32435808de622595be50cb2f745 404b73c8de5b3b7592438266ee7573e2
    39e19b624207413e417aaa996efb8156
    98412e41c2297c834567feb55dd5d716
    ba8861ddd9b148e364da48e701a414de c981a9af5155c2233be0fb5ad70c7931d44ed7aeaad5487d94aff02ad65f5b1funtitled
  3. Destroyed jeans – Essa é a dupla que mais remete à cultura punk. Incremente mais ainda o seu jeans detonado preenchendo os rasgos com mais buraquinhos! A ideia aqui é criar textura. Se quiser um visual mais feminino, equilibre com blusas e acessórios mais delicados, como seda, cores pastel..
    c8c8ae37ca1443aaca54962f18c36ac1
    eede098152dce2845e8684bd81a116ac
    f22a747e4ef624d98fd6e5f14891eaef
  4. Cós aparente: Aqui o destroyed jeans ainda entra em cena, mas é opcional. Pode ser com saia, short ou calça dos mais variados shapes. O que vale é deixar o cós da meia aparente, como nos convenceu as Kardashians. Cuidado pra não sair do cool e pisar demais no sexy. Por isso dose com peças mais soltinhas ou sportwear.913546620ee8f21304909b71ff6a22ea 455803cd84059074f50a2f68f7443c28
    17660422e7fd67af3516bfb40dbcb931
    dc82077f83ef90186a299b2433e740c7 a3a892d50aeeaf9c8ff8f1bfba589f97 2 1 9815467ff52a66f3495764417375780e
  5. Blusa de Tela: Por último a meia sobe e pode tanto ser a peça de cima, somada a um top, evidenciando a transparência, quando fazer a vez de segunda pele sob um vestido, regata ou t-shirt, mais Anos 90 impossível.009f8d9d140819a1bd9f11a652bf4290
    eb6c79d642c2fcdbd57c525b40f70e2f
    913b56b7d331ae0bd5a1148118e848e3 9ea6d67782119dc443e896c704e9bcfa

    c36482dbc7f025497c5b45101814f513

Do boudoir ao rock’n’roll.
Vai encarar?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s