Viena: Casaco de Pele

Mais um dia inteiro de andanças e passeios pelos cantinhos mágicos da capital da Áustria. Pra ver o primeiro dia, clique AQUI!

Nossa manhã gelada de outono começou na Berggasse 19, localização do apartamento onde o criador da Psicanálise Sigmund Freud morou e trabalhou durante 47 anos, entre 1891 a 1938, até se mudar pra Londres por causa da Segunda Guerra Mundial, já que sua família era de origem judia.Viena Casaco pele Mirella 1A casa é hoje um museu e é possível caminhar pelos cômodos onde o médico neurologista fazia seus estudos, recebia os pacientes e realizava suas consultas. O espaço é decorado com muitas mobílias originais, cartas, recortes de jornais da época e materiais de estudo.Viena Casaco pele Mirella 19Viena Casaco pele Mirella 20
De lá seguimos pelas margens do Danúbio até o Ring, parte do centro histórico em formato de anel que aglomera palácios, grandes edifícios, parques e onde circulam muitos trans vermelhinhos pra completar o charme da região!
Viena Casaco pele Mirella 7Viena Casaco pele Mirella 22
Quanto ao look sobrepus camisa xadrez (pra variar, direto da mala do Daniel), tricot alongado off white e casaco de pele ecológica que virou meu xodó. Mega quentinho, com capuz e tudo, é ele por sinal que quebra o ar ultra sofisticado do casaco e deixa a peça mais moderna e cool. Finalizei com jeans com a barra mais curta e botinha western.
Viena Casaco pele Mirella 11Viena Casaco pele Mirella 3Viena Casaco pele Mirella 21Viena Casaco pele Mirella 12Viena Casaco pele Mirella 2Viena Casaco pele Mirella 23Viena Casaco pele Mirella 24É no Ring onde fica também a Rathaus, a Prefeitura de Viena. Um parque de diversões na Rathausplatz dava adeus à capital..Viena Casaco pele Mirella 29Meu fotógrafo em ação sem saber que eu também estava..Viena Casaco pele Mirella 5Viena Casaco pele Mirella 25Num dos gramados do Ring o Exército montava seus stands para o Dia da Independência da Áustria, comemorado no dia 26 de outubro.Viena Casaco pele Mirella 15Devolta ao Palácio de Hofburg, desta vez pra visitar o Sisi Museum, dedicado à vida da Imperatriz Elizabeth, a famosa Sissi. Vale muito a pena!

Nascida na Bavaria, Alemanha, Sissi se torna Imperatriz ao se casar em 1856, aos 16 anos, com o imperador da Áustria Francisco José I. Sissi é retratada no museu como uma mulher linda, extremamente vaidosa, apaixonada por moda, mas infeliz com a vida na corte.
02_Elisabeth_in_Bayern,_Kaiserin_von_osterreich_02
Sissi no ano de seu casamento

Não se dava bem com a sogra, a arquiduquesa Sofia, uma mulher dominadora e possessiva, mas era amada pelo povo por sua doçura e bondade e copiada por mulheres das cortes de toda a Europa. Alguns de seus vestidos e jóias estão expostos no museu, assim como louças e pratarias de tirar o fôlego.

Muito magra e obcecada com o peso, fazia dietas malucas pra manter os 45 kilos em 1,73 m de altura! Com os cabelos quase aos pés, gostava de tê-los penteados durante três horas por dia, não se deixou mais retratar após os 30 e poucos anos para que se perpetuasse a sua jovialidade, acreditava que choques térmicos faziam bem para a pele e ajudavam a emagrecer e por isso tomava banhos de vapor e em seguida se jogava numa banheira a 7 graus. Estes e outros relatos estão espalhados pelo museu mostrando uma Imperatriz solitária, fissurada pela beleza e com uma saúde fragilizada.

Devido à problemas pulmonares, viajou para se tratar e tomou gosto por viagens, assim se livrava da pressão na corte vienense. Mostra-se então a faceta caridosa e solidária de Sissi, que faz visitas sociais ao longo do mundo. Em 1889 Rodolfo, o único filho homem da imperatriz e herdeiro do trono se suicida. O que leva Sissi a uma depressão até o fim de seus dias, quando aos 60 anos, em uma visita a Genebra, na Suiça, foi assassinada pelo anarquista italiano, Luigi Lucheni.
01_Empress_Elisabeth_of_Austria_in_dancing_dress_1865_Franz_Xaver_Winterhalter_01
Retrato do pintor alemão Franz Xaver Winterhalter, em 1865 – Sissi e suas imortalizadas estrelas de ouro branco cravejadas de diamantes copiadas no mundo inteiro.

Todos estes e outros relatos da vida de Sissi estão retratados no museu, com objetos pessoais, pinturas, reprodução de cômodos e situações vivenciadas pela imperatriz.Viena Casaco pele Mirella 13Viena Casaco pele Mirella 14Viena Casaco pele Mirella 26Viena Casaco pele Mirella 17Mais uma vez na Sphanplatz, onde fica a Stephansdom, a Catedral de Santo Estevão e de onde se ramificam todas as ruas de pedestres lotadas de lojas e cafés.Viena Casaco pele Mirella 18Paramos novamente para um café da tarde no Café L Heiner, eu precisava comer o Apfelstrudel com calda quentinha de baunilha de novo, gente! Desta vez teve ainda o famoso café vienense pra acompanhar! Divino!Viena Casaco pele Mirella 9Viena Casaco pele Mirella 27Viena Casaco pele Mirella 28Viena Casaco pele Mirella 8Kleines Café – Onde a cartomante lê a mão de Celine em Antes do Amanhecer!! Foi em Viena onde foi gravado o primeiro filme da trilogia, lançado em 1995. Foi o Dani quem me apresentou o filme e desde então sou apaixonada pelos diálogos, pela química entre os atores e pelos lugares em que eles passaram. Então fui atrás de vários cantinhos que serviram de locação para o filme e este café está igualzinho até hoje! Fica na praça atrás da Stephansdom, na Franziskanerplatz.Viena Casaco pele Mirella 6Viena Casaco pele Mirella 16
Viena Casaco pele Mirella 32
Staatsoper – A Ópera de Viena!
Viena Casaco pele Mirella 30
Viena Casaco pele Mirella 33
Nossa noite vienense aconteceu no Parque Prater, cuja Riesenrad – a roda gigante – é o cartão postal de Viena. Claro que demos uma volta em uma de suas famosas cabines vermelhas contemplando Viena toda iluminada lá de cima assim como fizeram há 20 anos Jesse e Celine! É no alto da Riesenrad que eles dão o primeiro beijo, quem lembra?
Viena Casaco pele Mirella 37
Viena Casaco pele Mirella 35
Viena Casaco pele Mirella 34
Viena Casaco pele Mirella 36
Viena Casaco pele Mirella 39
Viena Casaco pele Mirella 31

Que tal Viena? Linda, não?! Amei cada segundo!

Nossa passagem foi curta, mas como sempre intensa..a cidade tem bastante a oferecer, viu! Precisávamos de mais um dia pelo menos pra finalizar os pontos turísticos, mas os principais fizemos sim. De lá seguimos de trem para Bratislava, capital da Eslováquia, depois vem post!

Casaco, tricot e bota: Zara
Jeans: Pull&Bear
Camisa: Topshop
Bolsa: Coach
Óculos: Ray-Ban

Beijos!

Um comentário sobre “Viena: Casaco de Pele

  1. Viena parece ser uma cidade maravilhosa ,cheia de história e muito rica culturalmente e sem esquecer que foi cenário de “Antes do Amanhecer” um dos melhores filmes que tive o prazer de assistir na minha vida… parabéns pelo post…obrigado por compartilhar…

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s