Look Bruxelas: Leather & Lace

Nosso segundo e último dia em Bruxelas foi um sábado de verão de muito sol e temperatura em torno dos 20 graus, assim como nossa sexta-feira. Continuamos tranquilões, só caminhando e curtindo o charme da Cidade Velha, parando num cantinho ou outro pra comer uma delicia belga, leia-se muito waffle, batata frita, chocolates, cervejas e mexilhões, os must eat para os turistas que passam pelo país!

Our second and last day in Brussels was a sunny summer Saturday around 20 degrees, like our Friday. We kept walking and enjoying the charm of the Old Town, stopping in one corner or another to eat some Belgian delights, I mean, a lot of waffle, fries, chocolates, beers and mussels, must-eat for tourists passing through the country!

bruxelas_mirella_gladiadora_2
bruxelas_mirella_gladiadora_9

A mala da Grécia serviu perfeitamente para o clima da Bélgica. Fui de bata de renda bordada – a mesma que usei no SPFW –  shortinho jeans e gladiadora preta. A jaqueta de couro foi o único item que levei por causa desse destino e aproveitei pra usar nos aeroportos. Nesse look ela deu exatamente o toque urbano que eu precisava para equilibrar o combo verão.

What I packed in my luggage to Greece suited very well in the Belgian weather. For that Saturday: lace, denim and a stylish touch with gladiator sandals. The black leather jacket added the perfect urban style to balance the summer casual combination.

bruxelas_mirella_gladiadora_21
Carrossel fofo no começo da Rue Neuve, a rua do comércio só para pedestres.

Carousel on Rue Neuve, the famous pedestrian shopping street in Brussels.

bruxelas_mirella_gladiadora_23
Drug Opera, restaurante lindo entre nosso hotel e a Rue Neuve.

Drug Opera, beautiful restaurant between our hotel and Rue Neuve.

bruxelas_mirella_gladiadora_3
Parada obrigatória: Vitalgaufre, Rue Neuve, nº 23, para um delicioso waffle belga! Dessa vez pegamos com cobertura e morangos, mas achei mais interessante a opção recheada que falei AQUI.

Must stop: Vitalgaufre, Rue Neuve, nº 23 for a delicious belgian waffle. On this day we chose strawberries and chocolate on top, but we preferred with chocolate inside, as I said HERE.

bruxelas_mirella_gladiadora_5
bruxelas_mirella_gladiadora_15
Galeries Royales Saint-Hubert. Inaugurada em 1847, em estilo renascentista, foi a primeira galeria coberta na Europa, antes mesmo da tão famosa Galleria Vittorio Emanuelle II, em Milão. Antigamente era um centro cultural e ponto de encontro de artistas, hoje abriga grifes, joalherias e chocolaterias refinadas.

Right next to the Grand-Place, the beautiful Galeries Royales Saint-Hubert, inaugurated in 1847 in Renaissance style. It was the first shopping arcades in Europe, even before the famous Galleria Vittorio Emanuelle II in Milan. Today.the place is home to lots of luxury boutiques, clockmakers, chocolate shops and restaurants.

bruxelas_mirella_gladiadora_20
mirella_bruxelas_32
bruxelas_mirella_gladiadora_12
bruxelas_mirella_gladiadora_14
mirella_bruxelas_33
.A charmosa Rue des Bouchers, famosa rua de pedestres lotada de restaurantes.

The charming Rue des Bouchers, famous food street in the heart of Brussels.

bruxelas_mirella_gladiadora_19
Escolhemos um dos restaurantes da rua pra almoçar e experimentar os famosos mexilhões belgas acompanhados de batata frita belga e cerveja belga, isso mesmo, garçom, tudo belga, merci!

We chose one of the restaurants on the street for lunch and try the famous Belgian mussels with Belgian fries and Belgian beer, oh yes, everything Belgian, merci!

bruxelas_mirella_gladiadora_18
bruxelas_mirella_gladiadora_8
mirella_bruxelas_31
bruxelas_mirella_gladiadora_22
Photos: Daniel Kazall

Brussels summer vibes!

Lace top: Mais um by Lojas Natalia Baroni
Jacket: Diesel
Short: Zara
Flats: Stilleto
Handbag: Coach
Sunglasses: Ray-Ban
Choker: Pull& Bear

 

Boho Blanket – Autumn Cycle Chic

O que mais gosto de morar no bairro Alum Chine, em Bournemouth é o contato com a natureza. Nosso flat fica a três quadras da praia e a um quarteirão da floresta. Sim, em meio aos chalés de Westbourne fica o West Overcliff Park, um pedaço de natureza exuberante que a população usa pra praticar exercícios ou simplesmente para cortar caminho, pois as ruelas dentro da floresta dão acesso à cidade e à praia. Mas claro que quem resolve passar pelo parque não está só querendo chegar mais rápido ao seu destino. A vibe ali dentro tem um quê místico, é tanta natureza que em cinco minutos a energia está renovada para o dia todo.

A floresta de Alum Chine sempre é linda, mas durante o outono, minha gente, a magia acontece! Se do alto a luz do sol entra de mansinho por entre as copas das enormes árvores em degradê de verde a amarelo, laranja e vermelho, no chão um tapete de folhas secas do marrom ao dourado ornamenta os caminhos cheios de curvas, pontes e escadarias desse pedaço de paraíso dentro da cidade.

E eu estou sempre passando por ali, mas nunca tinha fotografado.. foi então que numa manhã ensolarada de um sábado de outono inglês finalmente o Daniel levou a câmera pra passear, enquanto eu fui munida do meu novo xodó: a bicicleta Specialized Globe Haul II, uma edição especial em design retrô num verde oliva que foi amor à primeira vista. Quem me acompanha no Snapchat e Instagram @mirellacabaz sabe que ela virou minha grande companheira e meio de transporte. Pra entrar na vibe “into de woods“, me joguei no poncho em tons terrosos, chapéu, mom jeans e botinha no maior estilo folk pra me camuflar com minha bike por esse cenário todo fotogênico.

What I like most about living in the Alum Chine, Bournemouth is the contact with nature. Our flat is three blocks from the beach and one block from the West Overcliff Park, a piece of lush nature that people use to exercise or cut through to the city or the beach. But of course whoever decides to go through the park is not only wanting to get faster to their destination. The vibe in there has a mystical thing, in five minutes the energy is renewed for all day.

The forest is always beautiful, but during the Autumn, oh God, the magic happens! If from above the sunlight enters softly between the tops of the huge trees in gradient from green to yellow, orange and red, on the floor a carpet of dry leaves adorns the paths full of curves, bridges and stairways in a piece of paradise inside the city.

I have been always passing by, but I had never photographed… It was then that on a sunny Saturday morning in the cold English Autumn Daniel took the camera for a walk, while I was equipped with my new love: the Specialized Globe Haul II bicycle, a special edition in retro design. To get cozy into de woods, I wore a folk style blanket, hat, mom jeans and ankle boots and camouflaged myself and my bike into this photogenic scene.

mirella_poncho_alumchine_2
mirella_poncho_alumchine_15
mirella_poncho_alumchine_17
mirella_poncho_alumchine_6 mirella_poncho_alumchine_27 mirella_poncho_alumchine_26 mirella_poncho_alumchine_24
mirella_poncho_alumchine_18mirella_poncho_alumchine_13
mirella_poncho_alumchine_30
mirella_poncho_alumchine_9
mirella_poncho_alumchine_21
mirella_poncho_alumchine_10
mirella_poncho_alumchine_3mirella_poncho_alumchine_14
mirella_poncho_alumchine_12
mirella_poncho_alumchine_31
mirella_poncho_alumchine_16
mirella_poncho_alumchine_1
Photos: Daniel Kazall

Blanket: Primark
Mom Jeans: Pull&Bear
Hats & Knit snood: H&M
Boots:  (TK Maxx)
Sunglasses: Ray-Ban

Into the woods.
Gostaram?!

Beijos,
Mirella Cabaz

Friday in Brussels: Crochet Crop top + Mom Jeans

Nossa próxima parada pós Grécia foi Bruxelas, capital da Bélgica. Já estivemos por lá em 2012 e acreditam que as fotos nunca vieram pro blog? Pois é, uma pena. Dessa vez, como já conhecíamos a cidade e viemos cansadões dos dez dias de praia, queríamos mesmo era passear sem rumo pelo centrinho, comer as delicias da culinária belga curtindo a atmosfera, as pessoas e a arquitetura linda da cidade sem pressa, sabe, de preferência de uma mesinha ao ar livre. Pois bem, assim foi. E foram dois dias muito especiais por uma Bruxelas nova pra mim, de céu ensolarado, cidade cheia e alegre, que fui me apaixonando a cada novo dobrar de esquina.

De look, acabei levando um jeans e a jaqueta de couro na mala pois sabia que pegaríamos um friozinho na última parada. Mas Bruxelas estava bem mais quente do que imaginávamos e dava muito bem pra eu ter sobrevivido com a jaqueta jeans que já me foi útil na Grécia. Ou seja, a dica que fica é: uma mala pequena sempre pode ficar ainda menor. Sigo aprendendo a cada nova viagem.

Já a regatinha com decote nadador, ah essa sim me foi útil tanto com shortinho na praia quanto no ambiente urbano da Bélgica. Além de ter as cores da bandeira do país, esse crochê com pontos mais unidos e grossos se adapta em qualquer estação, dá textura e charme sem esforço. A peça bombou nesse verão!

Our next stop after Greece was Brussels, capital of Belgium. We went there in 2012, so in this time, as we already knew the city and came tired of the ten beach days, we really wanted to enjoy the atmosphere and the beautiful architecture of the old town and eat the delights of the Belgian cuisine. It was two very special days in a lovely sunny Brussels, that I was falling in love in each corner.

mirella_bruxelas_14O coração da cidade, a Grand Place ou Grote Markt.
mirella_bruxelas_16

mirella_bruxelas_17
mirella_bruxelas_4
mirella_bruxelas_1
mirella_bruxelas_8
mirella_bruxelas_30 Começando o dia com um bom waffle belga! Esse é o do famoso Vitalgaufre, que fica no calçadão do comércio, a Rue Neuve, número 23. Entre uma fast fashion e outra, um waffle, por favor! A graça desse lugar são as massas de sabores. Esse por exemplo podia ser um waffle de canela ou de maçã verde, não lembro qual fotografei porque comi vários, mas esse dois sabores foram meus preferidos! Tem tanto essa opção com chocolate dentro que faz bem menos bagunça e é uma delicia pra pegar e sair turistando ou aquela no pratinho com calda em cima e morangos.. vale tudo, só não vale não comer!

Vitalgaute, Rue Neuve, n 23 – the best waffle ever!! Try this flavored option, as cinnamon or green apple with chocolate inside.. delicious! 
mirella_bruxelas_7
Depois um salgado pra equilibrar hahaha A famosa batata frita belga. Delicia pura!

Something salty to balance: Traditional belgian frites, of course!
mirella_bruxelas_13
mirella_bruxelas_19
mirella_bruxelas_5
mirella_bruxelas_35
Manneken Pis, a famosa e pequenina estátua de bronze de um menino nu urinando. A fonte simboliza o sistema de água da antiga Bruxelas e é um dos grandes cartões postais da cidade na esquina das ruas de l’Étuve e Chêne. A l’Étuve tem acesso pela Grand Place e é a rua das lojas de chocolates, meu saquinho não esconde o caminho que fiz pra chegar na fonte..

Manneken Pis is a small bronze sculpture of a naked little boy urinating into a fountain’s basin. The famous fountain symbolizes the water system of the Old Brussels. Located at the junction of Rue de l’Étuve and Rue du Chêne. The Rue de l’Étuve is a famous chocolate street connecting the Grand Place to the Manneken Pis. My bag does not hide the way I did to get in the fountain..

mirella_bruxelas_34
mirella_bruxelas_22
Parada para cervejas belgas e aperitivos em frente ao Mannekin Pis, no bar Poechenellekelder, pronuncie se for capaz!

Belgian beers at Poechenellekelder Bar!
mirella_bruxelas_11
mirella_bruxelas_36
Catedral de St. Michael e St. Gudula é uma mistura de diferentes estilos, sobretudo gótico e renascentista. Localização: Place Sainte-Gudule

St Michael and St Gudula Cathedral, Belgium’s national church, built in the Gothic style. Address: Place Sainte-Gudule

mirella_bruxelas_12 mirella_bruxelas_6
mirella_bruxelas_10
mirella_bruxelas_37 Subindo em direção à parte alta da cidade, chega-se ao Mont des Arts, um jardim incrível de onde se tem uma vista linda da cidade velha.

Going towards the high part of the city, you come to the Mont des Arts, a gorgeous garden from where you have a beautiful view of the old town.14311219_1440126326003924_1839509709794057734_o
mirella_bruxelas_38
Demos a sorte de nos deparamos com uma festa super cool rolando nas escadarias do parque! Música boa, tendas de bebidas, lounds fofos com mesinhas e muita gente linda, jovem, descolada! O evento se chama Apéros Urbains, um projeto novo na cidade realizado toda sexta-feira durante o verão belga, cada vez num lugar diferente de Bruxelas, divulgado previamente pela página deles no facebook. Aliás, quem quiser conferir todas as fotos desse dia do evento, só clicar AQUI! Foi um entardecer de final de verão surreal.. é isso o que eu mais amo quando estamos viajando, curtir a cidade como ela se apresenta, encontrar algo fora do roteiro que pode ser ainda melhor do que imaginávamos! Talvez muito por essa festa eu tenha me apaixonado de vez por Bruxelas..Hora certa e lugar certo. Friday Goals!

Luckily, we found by chance a super cool party going on at the park. The event is called Apéros Urbains, a new project held every Friday during the Belgian summer, each time in a different place of the city. Check out more photos of this event HERE! This is what I love the most when we are traveling, enjoying the city as it presents itself, finding something out of the script that is even better than we imagined! Right time and right place.. Friday Goals!
mirella_bruxelas_20
mirella_bruxelas_18
mirella_bruxelas_15
Photos: Daniel Kazall

Crop top: New Look
Jeans: Pull&Bear
Jacket: Diesel
Shoes: DC Shoes
Sunglasses: Ray-Ban
Handbag: Coach
Choker: New Look
Necklace: Pull&Bear

 

Bélgica e seus encantos.
Gostaram?! Espero que sim!
Beijos,

Mirella Cabaz

Saturday in London: Slip Dress Over Turtleneck

Londres agora é logo ali, que alegria! A capital inglesa fica a apenas duas horinhas de trem ou ônibus de Bournemouth, nossa nova cidade no sul da Inglaterra. Então qualquer final de semana de bobeira a gente se manda pra lá, como fizemos no final de outubro, bem quando a temperatura começou a abaixar e o inverno dar as caras. Nessa transição ainda deu tempo de abusar do hit do momento, o slip dress – já falei sobre ele AQUI! – mas claro que sob uma jaqueta and sobre uma gola alta, uma ótima maneira invernal de variar a sobreposição com a camiseta branca. Pra quebrar a dose extra de feminilidade do slip dress, fiz um high-low com o coturno e jaqueta de couro, o que me permitiu circular pra qualquer ambiente o dia todo. Confiram abaixo os cliques fotografados nos cenários mais clichês e maravilhosos de Londres: Westminster e o Big Ben, London Eye e nos arredores de Buckingham Palace.

Living in Bournemouth, south of England, London became a easy-going and amazing spot to spend a weekend, as like we did at the end of October, just when the temperature started to show that Winter is coming. So I took my last chance to wear the hit I’m in love: the slip dress, of course under a jacket and over a turtleneck, a cool winter way to diversify the white t-shirt. A high-low with the girlie dress and the leather jacket and biker boots made the outfit more casual, which suited me to go anywhere all day. Check out the photoshoot in the most clichés and wonderful London attractions: Westminster and Big Ben, London Eye and around Buckingham Palace.

mirella_london_slipdress_17
mirella_london_slipdress_8
mirella_london_slipdress_40
mirella_london_slipdress_2
mirella_london_slipdress_13
mirella_london_slipdress_29-2
mirella_london_slipdress_30
mirella_london_slipdress_14
mirella_london_slipdress_35
mirella_london_slipdress_37
mirella_london_slipdress_25
mirella_london_slipdress_3mirella_london_slipdress_4
mirella_london_slipdress_10
mirella_london_slipdress_27
mirella_london_slipdress_12
Fotos: Daniel Kazall

Turtleneck: Primark
Slipdress: Zara
Jacket: Diesel
Boots: Wirth 
Handbag: Coach
Sunglasses: Ray-Ban

Gostaram?

Beijos,
Mirella Cabaz

Halloween Skeleton Outfit

Halloween no Hemisfério Norte é levado a sério, afinal a tradição surgiu por essas bandas, pra ser mais exata, na Irlanda! Aliás, quem quiser conferir ou relembrar nosso Halloween direto da fonte em 2012 é só clicar AQUI, peguei de lá esse trecho:

O Halloween tem suas origens no antigo festival celta conhecido como Samhain (pronuncia-se “sah-win”), que celebrava a chegada do inverno e assim o fim da estação da colheita na cultura gaélica. Os Celtas acreditavam que no dia 31 de outubro a fronteira entre o mundo dos vivos e dos mortos se abria e máscaras e fantasias eram usados em uma tentativa de imitar os maus espíritos ou apaziguá-los.

Legal, né?

mirella_halloween16_18

E aqui, com o frio e a cidade toda decorada pra comemorar essa festa a gente vai entrando no clima. Um belo dia fuçando na H&M vi um look de caveira com legging + body e na hora já me deu um estalo, era assim que eu queria ir na noite de Halloween! Já comecei a salvar fotos de maquiagens no Pinterest e bolar toda a ideia da fantasia na minha cabeça. Mas faltavam algumas semanas e quando foi chegando perto do dia voltei pra comprar e só tinha body G.. além de ter sobrado demais na cintura, a legging não é tão grossa e o body marcou demais no bumbum. Mas ainda bem que tinha a opção do moletom e deu super certo! Aí pra quebrar o efeito academia da Legging + moletom dei uma glamourizada com bota preta de salto grosso e um casaco de pele.

mirella_halloween16_33

A make up claro, foi o ponto alto. Assisti vários tutoriais no youtube e na hora juntei todas as informações que tinha pra criar essa make macabra e bem expressiva.

Para essa maquiagem de caveira os produtos que usei foram:

  • Tinta branca
  • Corretivo bem clarinho
  • Pó translúcido (pode ser pó bem claro ou talco)
  • Lápis de olho preto
  • Delineador preto
  • Sombra preta
  • Sombra marrom
  • Rímel preto
  • Pincéis
  1. Comecei pela pele, eu não queria uma pele branca exagerada, queria um efeito de base mais clara e não uma camada grossa de tinta, entendem? Então apliquei um pouco da tinta branca comprada no mercado com a esponjinha que vinha junto e com os dedos em todo o rosto, só não apliquei em volta dos olhos e na ponta do nariz. Tem que espalhar rapidamente porque ela seca muito rápido e começa a craquelar. Na testa foi o mais difícil. Um corretivo ou uma base bem branquinhos dariam um efeito mais natural, mas o meu corretivo, mesmo claro, deu um aspecto amarelado, então deixei só para os dentes. Após cobrir toda a pele de forma homogênea selei com pó translúcido para não ficar com aquele aspecto oleoso e segurar a make a noite toda. Se tiver um pó bem branquinho melhor ainda ou o bom e velho talco.
  2.  Olho & nariz. Pinte tudo com lápis preto e sele com sombra preta depois pra não ficar oleoso e com marcas OU só delimite o espaço com o lápis preto – nos olhos deve ser logo acima da sobrancelha e logo abaixo da sua olheira -, e preencha o espaço de dentro com sombra preta com a ajuda de um pincel levemente molhado em água, essa segunda opção é bem mais rápido e prático de cobrir todo o olho e gasta menos produto. Finalize com o lápis preto onde precisar e depois aplique mais sombra preta com um pincel seco só pra selar e deixar a pele bem sequinha. Finalize os cílios com rímel preto. No nariz a mesma coisa, faça o desenho que quiser com o lápis preto ou delineador e preencha com sombra.
  3. Boca. Faça um risco com delineador preto de cada lado da sua boca no sentido da sua orelha, naquele lugar onde fazemos o contorno. Crie dentes com leves riscos na vertical partindo do meio dos seus lábios. Depois faça pequenos triângulos na ponta de cada risco pra unir os dentes. Preencha cada dente com corretivo claro com a ajuda de um pincel fininho pra criar esse efeito amarelado e os dentes se destacarem do resto do rosto. Aplique lápis preto ou delineador dentro do lábios pra um efeito de podridão.
  4. Maxilar. Todo esse espaço mais fundo que não tem osso logo abaixo das maçãs do rosto – sinta com sua mão antes de aplicar – é onde deve ficar escuro. Eu confesso que queria essa região mais discreta e no fim ficou super marcado. Dá pra fazer somente um risco e um ossinho, enfim, faça como preferir, mas de alguma forma aplique preto nessa região pra afinar o rosto e dar essa ideia de que ali não tem osso.
  5. Acabamento. Para um efeito 3D aplique sombra marrom com um pincel seco de esfumar ao redor dos dentes, ao redor de tudo que for preto, então passe no contorno dos olhos, do nariz e da mandíbula e por fim ao redor do rosto. Se você for loira aplique somente sombra marrom para igualar o cabelo com a pele, esfumando desde a raiz para esconder qualquer tinta branca que tenha pego nos fios e suavizar o contorno do rosto. Se você for morena aplique primeiro sombra preta na raiz com pincel seco só pra esfumar e depois finalize com a marrom no sentido da pele ao redor de todo o rosto.
    Com o delineador crie pequenas rachaduras na sua pele. Faça caretas e onde a pele marcar leves ruguinhas aplique delineador de forma bem suave.
  6. Pescoço. Na minha opinião descer a make até o pescoço fez toda a diferença na finalização, deixou toda a produção bem mais elaborada e não dá muito trabalho, não. Dá pra fazer de forma bem perfeitinha, mas eu fiz bem intuitivamente, criando sombra e luz na região sem me preocupar em definir o formato dos ossos. Apliquei tinta branca e depois com um pincel molhado em água e sombra preta criei os riscos pretos na horizontal. Com um pincel seco apliquei sombra preta abaixo do maxilar e em toda a lateral do pescoço, inclusive nas orelhas!

mirella_halloween16_5
mirella_halloween16_12

Pra criar o volume na raiz, o cabelo pedia gel ou mousse, mas eu me esqueci completamente disso e não comprei nenhum dos dois. Se eu tivesse gel teria feito ele liso com efeito molhado, como a Kim Kardashian. Mas aí como tive que partir para as armas que eu tinha em casa, fiz um babyliss e penteei toda a frente pra trás, joguei spray de sal, desfiei o topo da cabeça com um pente, passei bastante spray de fixação e meu pozinho de volume Osis+ Dust It, Schwarzkopf e o efeito foi um cabelo super texturizado.

mirella_halloween16_8
mirella_halloween16_4
mirella_halloween16_30

O Daniel se jogou na lente de contato branca sangue fake e virou um Walking Dead gatão! Como ele é mais moreno que eu, meu corretivo branco serviu super bem pra dar uma leve cobertura esbranquiçada na pele dele, depois finalizei com pó translúcido. Passei um pouco de lápis preto ao redor dos olhos e esfumei pra dar um efeito de profundidade sem marcar demais. O sangue era de bisnaga então fiz um furo bem pequeno e apliquei algumas gotinhas no canto do olho, que escorreram naturalmente criando “lágrimas de sangue”. No pescoço é uma choker de plástico, achei o máximo! Depois ele preencheu com sangue toda a gola de uma camiseta velha que foi da festa pro lixo.

mirella_halloween16_14
mirella_halloween16_9
mirella_halloween16_11
mirella_halloween16_6
mirella_halloween16_13
mirella_halloween16_7
mirella_halloween16_3
mirella_halloween16_31mirella_halloween16_16

Buh!
Que tal?
Curtiram? Eu ameeeeei me fantasiar de caveira nesse Halloween! Não queria mais tirar, juro!

mirella_halloween16_32

Esse foi o beergarden montado no meio da Square, no centro de Bournemouth, em comemoração ao Halloween! Ele ficou por duas semanas e daqui alguns dias volta com decoração de Natal! Muito gracinha, né? Eu amo essas coisas!

mirella_halloween16_19

No final de semana de Halloween a gente passou pra curtir um pouco o barzinho e esse foi meu outfit: O mesmo casaco de pele da caveirinha, calça vinho de cós alto, coturno e essa t-shirt de unicórnio amor à primeira vista direto da Primark!

mirella_halloween16_26
mirella_halloween16_20
mirella_halloween16_25

“Your sparkle has not gone unnoticed” 
Ou seja “Seu brilho não passou despercebido”.

Fofa, né?

Beijos,

Mirella Cabaz